Partilhar

12 acidentes sexuais mais comuns

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
12 acidentes sexuais mais comuns

Já teve algum acidente durante a transa? Embora o sexo seja uma atividade aparentemente segura, a realidade é que podem acontecer situações indesejadas que provocam machucados ou incômodo geral. As pesquisas indicam que existem algumas situações embaraçosas que são relatadas com grande frequência, sendo que algumas podem ser bastante catastróficas. Quer esteja familiarizado com este tipo de ocorrências ou não, informação sobre o tema é sempre valiosa. Conheça os 12 acidentes sexuais mais comuns, lendo esse artigo do umComo.

Também lhe pode interessar: Quais são as práticas sexuais mais comuns

Cãibras

As cãibras são um dos acidentes sexuais mais comuns, podendo ser consideradas um "clássico do sexo". Apedar de as queixas serem maioritariamente relativas aos pés, o sexo pode ser arruinado com cãibras nas coxas, na anca ou em quase qualquer lugar.

Infelizmente, as cãibras podem afugentar o clímax que se aproxima, substituindo todo o prazer por uma dor lancinante. Para evitar esse problema os parceiros devem comer bananas, alongar frequentemente e beber muita água.

Dica: Confira como prevenir as cãibras musculares, acessando esse artigo.

Dores de costas

Sim, é bem difícil manter a postura quando todas as suas células estão concentradas no prazer. No entanto, uma postura correta pode prevenir dores de costas que teimam em aparecer depois da transa.

Contraia os músculos abdominais para evitar lesões na lombar e procure alinhar os ombros com a coluna ao invés de se curvar. Um espelho pode ajudar a controlar a situação e pode ser bem excitante, sendo uma boa aposta!

12 acidentes sexuais mais comuns - Dores de costas

Assaduras

As assaduras, tal como as cãibras, são um acidente sexual clássico. No calor do momento, você não está ligando para aquela sensação de queimação do atrito da pele com carpetes, carros ou barracas de camping.

No entanto, quando a transa acaba, sua pele está esfolada, irritada e completamente abrasada. No dia seguinte, a pele fica seca e ganha um tom marrom que pode ser muito incômodo. Tenha cuidado onde encosta!

Vômitos

Apesar de parecer mentira, o vômito durante o boquete é algo muito frequente. Quem investe na garganta funda ou tenta fazer uma chupada mais abrangente corre sempre o risco de induzir o vômito. É embaraçoso, sim, mas muito comum.

Sempre que notar a vontade de vomitar, diminua a profundidade e jamais engula o vômito por vergonha. Vá com calma e tente ter o controlo da situação e não encher o pênis do parceiro do conteúdo do seu estômago.

12 acidentes sexuais mais comuns - Vômitos

Irritação dos olhos

Já sabe qual o motivo para irritação ocular durante o sexo? Esperma no olho, claro. O parceiro pode ter pontaria ruim ou você pode ter olhado no momento errado, não importa. O que é verdadeiramente importante é que, se isso acontecer, o olho deve ser lavado com soro fisiológico ou água de imediato.

Caso a vermelhidão persista, o melhor é procurar um oftalmologista (por muito embaraçoso que seja contar o que aconteceu).

Objetos perdidos

Você nem imagina quantas histórias divertidas os médicos podem contar graças aos perdidos e achados. Muitas pessoas se dirigem ao pronto socorro para remover objetos da vagina ou do ânus, sendo isso algo recorrente.

Se isso acontecer com você, mantenha a calma: o mais certo é o objeto sair sozinho. Caso isso não aconteça, consulte o seu médico e garanta que ele tem algo para contar na mesa do jantar.

12 acidentes sexuais mais comuns - Objetos perdidos

Pênis preso

Sabe onde o prepúcio pode ficar preso? No aparelho ortodôntico! Essa situação é bem caótica, uma vez que é comum resultar num banho de sangue, dores excruciantes e gritos bem audíveis.

Apesar de ninguém querer ir ao hospital e passar essa vergonha, esse deve ser o procedimento imediato. A área é muito delicada e pode até ter de levar alguns pontos, por isso não arrisque e consulte o médico mal isso aconteça.

Cortes

Além do risco de ficar com o pênis preso, existe ainda o risco de o cortar. Dentes afiados e movimentos bruscos durante o sexo oral resultam em situações incômodas que podem até ser graves.

Para evitar que isso aconteça, a pessoa que faz o serviço deve proteger os dentes com os lábios para evitar ferir o parceiro. Para que o pênis cicatrize depois do corte, é essencial parar com a atividade sexual por uns dias.

12 acidentes sexuais mais comuns - Cortes

Distensões musculares

A distensão muscular é a lesão mais comum de todas e poderia ser evitada se o casal alongasse antes de passar à ação. Pode parecer besteira, mas a realidade é que a forma mais simples e eficaz de evitar músculos doloridos no pós-transa. Alongue cada músculo por 10 segundos.

Dica: Se alongar sem roupa, os alongamentos podem até contar como preliminares.

Fratura peniana

Sim, ele quebra, e é um pesadelo para os homens. Apesar de não ser bem uma fartura, uma vez que o pênis não tem ossos, o acidente sexual é muito semelhante, especialmente no som que produz.

O nome do acidente é ruptura peniana, e acontece muito nas posições de cachorrinho e cowgirl. O pênis ereto é submetido a pressão na zona da ponta e, ao dobrar, acaba por romper suas estruturas. Parece doloroso, por isso tenha cuidado!

12 acidentes sexuais mais comuns - Fratura peniana

Torções

As torções de pulsos, tornozelos e dedos são muito comuns. Pegue leve no companheiro e procure não o torcer todo, sempre estando atento a como você se dobra também.

No momento você fica concentrado no prazer, mas quando o orgasmo termina você vai se arrepender de ter negligenciado suas articulações.

Batidas

Esse é um dos acidentes sexuais mais comuns. Você acaba batendo com a cabeça, com as pernas, com os braços ou com qualquer outra parte do corpo em todo o lado. Bateu a cabeça na parede, bateu com as pernas nas portas do carro ou bateu com os braços na cama.

É uma situação muito frequente, não apresentando grandes riscos. Claro que, se bater com a cabeça com muita força, recomendo que consulte o seu médico.

12 acidentes sexuais mais comuns - Batidas

Outros artigos

Agora que já conhece os 12 acidentes sexuais mais comuns, confira esses artigos e esteja atento aos perigos que o sexo apresenta:

Lugares mais perigosos para fazer sexo

Quais são os perigos do sexo anal sem lubrificante

Como me proteger de doenças durante o sexo oral

Se pretende ler mais artigos parecidos a 12 acidentes sexuais mais comuns, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre 12 acidentes sexuais mais comuns

O que lhe pareceu o artigo?

12 acidentes sexuais mais comuns
1 de 7
12 acidentes sexuais mais comuns

Voltar ao topo da página