Partilhar

Como mudar de anticoncepcional de forma correta

Como mudar de anticoncepcional de forma correta

A pílula anticoncepcional é um dos métodos contraceptivos hormonais femininos mais utilizados para evitar uma gravidez. Normalmente as pílulas contêm progesterona e estrogênio, dois tipos de hormônios. No entanto, eles podem causar alguns efeitos colaterais e, quando isso acontece é necessário trocar de anticoncepcional. Por isso, se começou a usar a pílula anticoncepcional e, por algum motivo está sentido os efeitos colaterais ou algum tipo de desconforto, a primeira coisa que deve fazer é consultar o seu médico e ginecologista para trocar de pílula. Mas é importante referir que esta troca deve ser feita corretamente para evitar uma gravidez indesejada, por isso de seguida no umCOMO vamos explicar como mudar de anticoncepcional de forma correta.

Quando se deve trocar de anticoncepcional

Apesar de hoje em dia as concentrações hormonais das pílulas serem menores, assim como qualquer outro medicamento, a pílula anticoncepcional também pode apresentar efeitos colaterais, sendo os mais comuns os seguintes:

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Tonturas
  • Dores de cabeça
  • Cansaço excessivo
  • Redução da líbido
  • Sangramento de escape
  • Ganho de peso

Estes efeitos colaterais podem ou não aparecer juntos e podem variar de intensidade de mulher para mulher. Mas perante a presença destes incômodos, o primeiro passo será consultar o seu ginecologista para mudar de anticoncepcional. Quando você começa tomando a pílula anticoncepcional pode sentir estes desconfortos durante os primeiros dias, pois o organismo está a adaptar-se aos novos níveis hormonais, no entanto quando este quadro se prolonga no tempo então é quando deve consultar o seu ginecologista.

Como mudar de anticoncepcional de forma correta - Quando se deve trocar de anticoncepcional

Como escolher uma nova pílula

A escolha de uma nova pílula anticoncepcional nunca deve ser feita sem o aconselhamento médico, pois o médico é quem avaliará o seu estado e determinará qual é a melhor pílula para o seu caso. Para escolher uma nova pílula o médico terá em consideração alguns critérios como se tem muitas cólicas menstruais, se sofre muito de tensão pré-menstrual (TPM), se o seu fluxo menstrual é muito intenso, se sofre de muitas dores de cabeça durante os dias da menstruação ou na pré-menstruação e se sofre de muita acne ou muito pelo. Para além disso, o médico terá em consideração possíveis fatores de risco, como se é hipertensa, sofre de problemas cardíacos, tem diabetes, se é fumadora ou se sofre de obesidade. Avaliando e tendo em conta estes fatores, o profissional irá indicar a melhor pílula para você.

É muito importante nunca trocar de anticoncepcional sem ir ao ginecologista para não colocar a sua saúde em risco ou ocorrer uma gravidez indesejada. Lembre-se que existe no mercado uma grande variedade de pílulas anticoncepcionais à venda, e que o seu organismo pode reagir de maneira diferente a cada uma delas. É da responsabilidade do ginecologista ou médico indicar à paciente uma pílula anticoncepcional que ofereça os riscos mínimos e que tenha o mínimo de efeitos colaterais possíveis.

Como mudar de anticoncepcional de forma correta - Como escolher uma nova pílula

Fazer a troca de anticoncepcional

Se a sua pílula anticoncepcional estava lhe causando desconfortos e o seu ginecologista lhe indicou uma nova, saiba que não deve interromper simplesmente a cartela da pílula antiga para iniciar a nova. A troca de pílulas durante o ciclo menstrual pode resultar em sérios problemas para a mulher como o aumento do fluxo menstrual, náuseas e dores de cabeça fortes.

Portanto para trocar de pílula corretamente, o indicado é continuar a tomar o anticoncepcional antigo até ao final da cartela e, quando este terminar iniciar a nova pílula no dia seguinte ao último comprimido da cartela antiga. Desta forma, você não realiza o intervalo de 7 dias para menstruar e emenda as duas cartelas. Ao iniciar a cartela da pílula nova, deve tomar 1 comprimido por dia sempre no mesmo horário por 21 dias seguidos. Depois deverá realizar uma pausa de 7 dias, em que ocorre a menstruação, e iniciar uma nova cartela no oitavo dia de pausa, mesmo que ainda esteja menstruando. No caso de cartelas de 24 comprimidos, deve tomar 1 comprimido por dia durante 24 dias seguidos e fazer uma pausa de 4 dias.

No caso de estar tomando a pílula e trocar para outro método contraceptivo, como adesivo, anticoncepcional injetável, implante ou DIU, esse método deve ser iniciado antes de acabar a cartela da pílula. O tempo varia consoante o método que for iniciar, por isso para fazer esta transição de métodos é muito importante consultar o seu médico ou ginecologista e seguir as suas indicações para evitar falhas.

Como mudar de anticoncepcional de forma correta - Fazer a troca de anticoncepcional

Posso engravidar na troca do anticoncepcional?

Se você iniciar a nova pílula anticoncepcional no dia seguinte ao término do anticoncepcional antigo, você não corre o risco de engravidar pois estará protegida desde o primeiro dia da cartela do novo anticoncepcional. O mesmo acontece se iniciar a nova pílula um dia antes do término da pílula antiga, não havendo o risco de engravidar.

No entanto, se começar a tomar a nova pílula anticoncepcional com um ou mais dias de atraso, então aí as chances de engravidar aumentam. Tenha em conta que quanto maior for o atraso, maiores as chances de você ficar desprotegida e engravidar. Sendo assim, nesta situação o mais indicado é usar preservativo durante os primeiros 7 dias da nova cartela da pílula, pois só ficará protegida a partir da segunda semana da mesma.

Outras dúvidas sobre a pílula anticoncepcional

No que diz respeito à pílula anticoncepcional são muitas as dúvidas que surgem, por isso para tentar minimizá-las e esclarecer suas questões confira também estes artigos interessantes:

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como mudar de anticoncepcional de forma correta, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre Como mudar de anticoncepcional de forma correta

O que lhe pareceu o artigo?
4 comentários
flavia
oi eu gostaria de perguntar como faco para trocar a injeção anticoncepcional de forma segura ,eu tomo a contracep so q essa a medica me passou quando eu amamentava,e como não amamento mais queria voltar a q eu tomava pernutan como faco essa mudança ?
Siberi
Ola. Tomo o micronor gostaria de trocar. Vou estar protegida apartir do primeiro comprimido?
A sua avaliação:
Cristina
parei a minha cartela antiga e veio a menstruação e estou iniciando com um remédio diferente do antigo, em quanto tempo estarei protegida com esse novo remédio, é Desogestrel?
Bárbara
Boa noite tenho uma dúvida, eu parei a minha cartela antiga e veio a menstruação e estou iniciando com um remédio diferente do antigo, em quanto tempo estarei protegida com esse novo remédio?

Como mudar de anticoncepcional de forma correta
1 de 4
Como mudar de anticoncepcional de forma correta

Voltar ao topo da página