Partilhar

Como fazer sexo oral de forma segura

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como fazer sexo oral de forma segura
Imagem: lapatilla.com

As doenças de transmissão sexual estão na ordem do dia, e o uso do preservativo é a única forma de prevenir o seu contágio. Mas quando se trata de sexo oral corremos também risco? Podemos contagiar-nos de alguma DST com sua prática? Em umComo.com.br respondemos a estas dúvidas e explicamos-lhe como fazer sexo oral de forma segura.

Também lhe pode interessar: Como fazer sexo oral a um homem
Passos a seguir:
1

Ao praticar sexo oral sem proteção corre-se o risco de contrair doenças de transmissão sexual como o HIV, a gonorreia, a sífilis ou o vírus de papiloma humano VPH, que dependendo da cepa pode ocasionar câncer de garganta, e entre o sexo oral e esta doença existe uma relação.

Portanto é importante tomar as medidas correspondentes para fazer sexo oral de forma segura.

2

Em primeiro lugar é importante entender que praticar sexo oral tem seus riscos, da mesma maneira que o coito com penetração, por isso é importante usar proteção.

No caso do sexo oral com um homem, deverá também usar preservativo para evitar o contágio de DST. Atualmente existem no mercado preservativos com sabores especiais para o sexo oral, evitando que o sabor do látex impeça o desfrute de ambos.

3

A porcentagem de homens que sofrem câncer de garganta como produto do contágio de HPV é maior que o das mulheres, por isso é importante que eles também tomem medidas. Os quadros de látex, especiais para o sexo oral, são colocados na língua, protegendo esta zona e permitindo que o homem estimule a vagina sem correr riscos.

Caso não sejam encontrados, use um preservativo em forma de quadro e cubra a língua.

4

Nunca pratique sexo oral com uma pessoa se observar qualquer lesão ou detalhe fora do comum em seus genitais, aliás o mais recomendável é suspender o encontro.

Muitas das doenças de transmissão sexual manifestam-se com lesões externas nos genitais em suas etapas mais avançadas. Do mesmo modo, as feridas nos genitais podem causar o contágio de doenças ao contato com a boca.

5

Também não esqueça a higiene quando se tratar de sexo oral. Ambos devem lavar muito bem seus genitais para evitar o contato de bactérias com a boca, uma medida que ajudará a prevenir o contágio de doenças do tipo bacteriano.

6

Nos casos de casais estáveis que praticam a monogamia, é possível prescindir do uso de preservativos durante o sexo oral, desde que ambos estejam completamente saudáveis, algo que é possível garantir com provas frequentes para descartar a presença de DST.

7

Lembre-se de que todo o tipo de contato sexual tem seus riscos, por isso a prevenção é a melhor forma de nos manter saudáveis, em especial quando se pratica o sexo de forma casual.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como fazer sexo oral de forma segura, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre Como fazer sexo oral de forma segura

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Rogério Cardoso
Gostei da dica, quero aprender mais coisas.
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Rogério! Navegue na nossa categoria de Relações para encontrar mais dicas e conselhos: http://relacoes.umcomo.com.br/

Como fazer sexo oral de forma segura
Imagem: lapatilla.com
Como fazer sexo oral de forma segura

Voltar ao topo da página