Partilhar

7 diferenças entre fazer amor e transar

 
Por Sara Viega. Atualizado: 27 setembro 2017
7 diferenças entre fazer amor e transar

Fazer amor, transar, ter sexo... Para muita gente, essa ação representa apenas um conceito, enquanto para outras pessoas são coisas muito diferentes. Algumas pessoas transam, outras fazem o amor e outras combinam as duas práticas. Contudo, qual é a verdadeira diferença? Embora este seja um tema bem polêmico que dá origem a muitas opiniões diversas, o umCOMO preparou uma lista que enumera as 7 diferenças entre fazer amor e transar. Curioso para saber quais são? Continue lendo!

Também lhe pode interessar: Como os homens gostam de fazer amor

"Meu prazer" versus "nosso prazer"

Não vamos falar de amor como amor mesmo, uma vez que um casal de namorados também pode ter sexo. Para nós, a primeira diferença entre fazer amor e transar é o prazer que você está buscando, ou seja, o prazer que você geralmente busca é o seu próprio prazer quando não existe necessidade de conhecer bem alguém para obtê-lo.

No entanto, depois de conhecer e se conectar com alguém, é provável que você não esteja buscando apenas o seu prazer e que também queira que a pessoa se sinta confortável, cuidada e satisfeita em todos os sentidos.

Amigos coloridos

Você conhece a linha fina que separa os amigos coloridos de um casal oficial? É estreitinha e complicada, servindo para separar o prazer do prazer do amor e a atração do namoro. Aqui também existe uma clara diferença entre fazer amor e transar.

Você pode transar com diferentes pessoas pelas quais você sente atração física e com quem você sempre se diverte, embora isso não signifique que você esteja a caminho de um relacionamento amoroso. Manter uma relação única e puramente sexual a longo prazo é difícil, porque é possível que um dos dois acabe se apaixonando e comece fazendo o amor, sendo uma pessoa só. No final, será uma questão de sentimentos.

7 diferenças entre fazer amor e transar - Amigos coloridos

Falta de preliminares

Fazer amor é muito mais completo do que transar. Em muitas ocasiões, transar nem sempre dá direito a preliminares, não permite soltar a imaginação nem passar tempo juntos. Esta pode ser outra das diferenças, uma vez que fazer amor implica que duas pessoas procuram passar tempo juntas, se dedicar completamente ao prazer e descobrir uma a outra. Enquanto que ao transar nem sempre existe aquela forcinha inicial gostosa de preliminares ou, pelo menos, não tão baseados na experimentação e conhecimentos da outra pessoa.

No artigo seguinte, você pode conferir qual a importância dos preliminares.

Orgasmos

Sim, não são exclusivos de quem faz amor, é possível ter orgasmos incríveis com sexo, mas é muito mais provável que a confiança e o carinho permitam que você desfrute da pessoa por completo. Isso acontece porque conseguir o orgasmo da outra pessoa é uma tarefa essencial de quem faz amor.

Não esqueça que ter sexo inclui explorar os instintos mais animais, enquanto que fazer amor é um trabalho personalizado.

7 diferenças entre fazer amor e transar - Orgasmos

O sexo como arma de libertação

Muitas vezes temos sexo com amor, mas não esqueça que o sexo é um método eficaz para liberar tensões e estresse, uma vez que não deixa de ser uma atividade física. Esta é uma grande diferença entre transar e fazer amor: enquanto que na primeira você busca o próprio prazer egoísta, liberar o seu estresse e tensões, quando faz amor, não procura tanto a atividade física mas sim passar tempo e amar a outra pessoa.

O tempo

Relacionada com todas as diferenças anteriores, encontramos uma das chaves para distinguir fazer amor e transar: o tempo. A transa é associada a algo rápido, uma forma de obter o prazer diretamente, um objetivo rápido. Contudo, na hora de fazer amor é desenvolvido todo um jogo de sensualidade onde se procura passar a maior parte do tempo com a outra pessoa, misturando amor e sexo.

A química

Por fim, a química também é um fator que pode diferenciar fazer amor e transar. Você pode sentir atração por muitas pessoas, mas pode não existir a química implicada em certos sentimentos. Nesse caso, falamos de química puramente sexual, ou seja, duas pessoas que se desejam e se satisfazem com sexo, sem necessitar de estabelecer vínculos mais fortes. Contudo, no amor, é desenvolvida uma química sexual, atrativa e emocional.

Dica: Acesse também esse artigo para conhecer os 10 segredos da mulher boa de cama.

7 diferenças entre fazer amor e transar - A química

Se pretende ler mais artigos parecidos a 7 diferenças entre fazer amor e transar, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre 7 diferenças entre fazer amor e transar

O que lhe pareceu o artigo?

7 diferenças entre fazer amor e transar
1 de 4
7 diferenças entre fazer amor e transar

Voltar ao topo da página