Partilhar

Masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer

Masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer

Mesmo que atualmente a liberdade sexual tenha alcançado patamares que há nem tanto tempo parecia estar há anos-luz de distância, a masturbação feminina ainda é tabu para muita gente, incluindo as mulheres. Existem questões sociais e históricas que explicam porque os homens desde pequenos têm muito mais 'intimidade' com o próprio corpo e suas maneiras de sentir prazer do que as mulheres. O que vem ao caso agora é que a masturbação feminina é um verdadeiro ato de empoderamento e pode fazer você gozar de maneira que sexo a dois (ou com quantas pessoas quiser) jamais te fez sentir antes. É por isso que o umCOMO reuniu todas as indicas mais importantes sobre masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer.

Também lhe pode interessar: Os benefícios da masturbação feminina

Antes de começar: desconstrua-se

Para você gozar sozinha, o umCOMO preparou 3 tutorias: como se masturbar com as mãos, como gozar com um vibrador e como usar o chuveirinho. Seja qual for o método que te agrade mais, você precisa refletir sobre estes pontos antes:

Não tenha vergonha se masturbar

Por motivos distintos atrelados ao machismo e ao conservadorismo, muitas mulheres sentem vergonha de se masturbar. Para conseguir atingir o prazer por conta própria, mais do que saber se tocar, é importante estar com a cabeça tranquila em relação a isso. Se masturbar não te faz uma mulher promíscua ou suja, muito pelo contrário, é uma maneira de conhecer o seu próprio corpo e te deixar mais confiante na cama e fora dela. Se restam dúvidas, confira o nosso artigo sobre os benefícios da masturbação feminina.

Conheça seu corpo

Nem todas as pessoas têm a intimidade que deveriam ter con o seu próprio corpo. Se este é o seu caso, não tenha vergonha de se conhecer antes de se masturbar. Um espelho e o artigo sobre quais são as partes da vagina podem ser suficientes para que você entenda onde é o clitoris e outras zonas da sua vagina.

Ambientação

Quando você vai transar com alguém você sente que o ambiente faz toda a diferença? Pois saiba que na hora bater uma siririca isso também faz a diferença. Você merece um ambiente gostoso. Se possível, prepare o lugar como você gostaria de ser recebida: luz de velas, música e aromas são mais do que bem vindos.

Estímulos

A nossa mente pode ser uma fonte inesgotável de estímulos na hora de se excitar, mas há quem prefira uma ajuda extra de vídeos de masturbação feminina, fotos e outras particularidades. Acontece que, polêmicas à parte, nem sempre a pornografia é feita pensada no que realmente excita as mulheres. Para te ajudar, dê uma conferida na nossa lista das melhores ponografias para mulheres.

Como se masturbar - Sozinha com as mãos

Após desconstruir qualquer possível constrangimento com as dicas acima, encontre uma posição confortável em que suas mãos consigam alcançar comodamente a vagina. Uma sugestão é deitar-se na cama e então partir para o passo a passo:

  1. Uma das principais causas que fazem as pessoas pensarem que não sabem se masturbar é começar direta e focadamente no prazer dos órgãos genitais. Nessa hora, vale lembrar de todos aqueles toques em outras partes do corpo que também te arrepiam e explorá-los. Ame seu corpo e cada partezinha dele. Acaricie-se e experimente começar tocando levemente os seios e a a parte interna das coxas.
  2. Nesse passeio pelo seu corpo, que deve durar o tempo que você achar necessário, uma hora você chega na zona pubiana. Abra um pouquinho as pernas, afaste os grandes lábios vaginais e com quantos dedos se sentir mais confortável, comece massageando o clítoris, o abençoado órgão cuja principal função é dar prazer através de seu estímulo.
  3. Os movimentos mais excitantes variam para cada mulher e conforme o prazer vai aumentando devem se intensificar. Uma sugestão é começar com movimentos circulares por todo o clítoris, inclusive as laterais, descobrindo quais são as partes que te excitam mais.
  4. Nesse ponto, é bem possível que você já tenha começado a sentir a lubrificação natural e o inchaço do clítoris (pode aumentar até 2 cm quando é estimulado). É comum que muitas mulheres já atinjam o orgasmo nesse momento, já que o orgasmo clitoriano é um dos mais populares entre as mulheres (saiba mais no artigo sobre 5 tipos de orgasmos femininos);
  5. Se o gozo ainda não veio ou você preferiu dar uma segurada para deixar a coisa ainda melhor, além de continuar explorando o clítoris, chega a hora de buscar o ponto G através da masturbação vaginal.
  6. Para isso, com a vagina já lubrificada naturalmente ou com um pouco de lubrificante, introduza 1 ou 2 dedos na direção de baixo para cima (mais ou menos como um 'gancho'). Quando sentir um tecido esponjoso na direção da barriga, é bem possível que esse seja o seu ponto G.
  7. Estimule-o, e se você sentir uma pressão na bexiga que parece vontade de fazer xixi, continue. Esse sentimento é normal e não indica que você fará xixi.
  8. Agora, encontre os movimentos que te deem mais prazer, liberte sua mente e deixe o orgasmo vir.

Como usar um vibrador para se masturbar

Há quem prefira a praticidade e eficiência de um vibrador. Se você não se deu bem com os dedos, acredite: um vibrador pode fazer maravilhas em questão de minutos. O primeiro passo para conseguir essa façanha é adquirir um. Para isso, dê uma olhada no nosso artigo sobre como escolher um vibrador e adquira aquele que te pareceu mais adequado.

  1. Com o seu brinquedinho em mãos, não tem muito segredo a não ser ficar muito à vontade: acomode-se e ligue o seu vibrador;
  2. Assim como você faria com as suas mãos, use o vibrador também para explorar as proximidades da zona íntima. Você pode descobrir prazeres em lugares que nem imaginava que era possível.
  3. Então, você já pode encostar levemente o vibrador sobre a vagina e começar a explorar o clítoris e a região vaginal. Experimente regiões diferentes, pressões variadas e perceba onde você sente mais prazer.
  4. Uma vez à vontade e sentindo prazer, é questão de constatar se você quer continuar naquela zona até atingir o orgasmo ou explorar outras partes para prolongar a experiência.
  5. Há quem use vibradores apenas para estimular o clítoris, mas a verdade é que muitos deles também pode ser usados para a penetração e estimular o ponto G. Para continuar a fundo nessa experiência é preciso que a sua vagina esteja naturalmente lubrificada, preferencialmente utilizar preservativo ou um algum lubrificante.
  6. Então, insira o vibrador respeitando os limites e vontades do seu corpo e faça como for mais gostoso. No entanto, sempre com delicadeza.
  7. Nesse ponto, você já deve estar próxima de atingir o orgasmo. Então, basta relaxar a gozar.
Masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer - Como usar um vibrador para se masturbar

Como se masturbar com o chuveirinho

A masturbação no chuveiro também está liberada e tem um componente especial quando a ducha conta com um chuveirinho:

  1. O segredo para usar o chuveirinho como ajudante na missão de gozar é tirar a rosca que regula a quantidade de água;
  2. Mesmo assim, outra dica ainda é apertar ou dobrar um pouco a mangueira para que o jato de água saia ainda mais forte;
  3. Então, basta direcionar essa água para o clítoris de maneira que te dê prazer e use os dedos como quiser. É importante tomar cuidado com a temperatura para não se queimar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Conselhos
  • Seja para usar as mãos ou o vibrador, evite que esteja muito frios para que o choque de temperatura não te desestimule.
  • Faça tudo com delicadeza sempre respeitando os limites do seu corpo.

Escrever comentário sobre Masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer

O que lhe pareceu o artigo?

Masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer
1 de 2
Masturbação feminina: 8 passos para chegar ao prazer

Voltar ao topo da página