Partilhar

Como saber se sou ninfomaníaca

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se sou ninfomaníaca

Ao contrário do que muitos acreditam, quando uma mulher tem um grande apetite sexual não quer dizer que seja ninfomaníaca. Acontece que este termo se refere a uma doença ou transtorno muito complexo, no qual se sofre de um vício por sexo e se tem um comportamento sexual compulsivo impossível de controlar. Isto provoca uma grande dependência das atividades sexuais que, na maioria das vezes, faz com que essa pessoa não possa levar uma vida completamente normal e suas relações sociais sejam consideravelmente afetadas. Por este motivo, é imprescindível procurar ajuda médica e iniciar o tratamento psicológico adequado para cada caso. Neste artigo do umComo.com.br, mostramos-lhe todos os sinais e sintomas que responderão à pergunta: como saber se sou ninfomaníaca?

Também lhe pode interessar: Como saber se sou voyeur
Passos a seguir:
1

Ainda que não esteja totalmente claro qual a causa da ninfomania, os especialistas mostraram que essa hipersexualidade ou vício por sexo, pode ser motivada por diferentes fatores e que uma confluência dos mesmos poderia ser o elemento responsável por seu padecimento.

Entre os fatores que podem nos esclarecer um pouco sobre a origem de um comportamento sexual compulsivo, encontramos os seguintes:

  • Mudanças nas substâncias bioquímicas do cérebro: alguns estudos apontaram que as lesões no córtex pré-frontal medial do cérebro ou os altos níveis de serotonina, dopamina, norepinefrina poderiam aumentar as probabilidades de apresentar este transtorno.
  • Apresentar doenças e transtornos psíquicos como transtorno de bipolaridade, esquizofrenia, psicose maníaco-depressiva, personalidade limítrofe, entre outras, também pode levar à ninfomania. Nestas circunstâncias, os afetados não costumam assumir responsabilidade pelos seus atos sexuais.
  • Está relacionada, na maioria de casos, com fatores de caráter psicológico, como pode ser o caso de procurar afeto e carinho através das relações sexuais, o que, às vezes, é consequência do fracasso social, problemas de família desestruturada, experiências traumáticas passadas, tais como abusos emocionais, físicos ou sexuais durante a infância.
  • Há algumas doenças físicas ou disfunções que podem provocar um desejo sexual exagerado, como pode ser o caso de lesões encefálicas, alguns tumores, determinados tipos de epilepsia, etc.
  • Assinalou-se também que o consumo de certos medicamentos pode ter como efeito secundário um transtorno de hipersexualidade. Por outro lado, também pode ser agravado com o consumo de drogas e entorpecentes.
Como saber se sou ninfomaníaca - Passo 1
2

É importante não confundir a ninfomania com um apetite sexual elevado, pois a primeira refere-se a um transtorno bastante complexo no qual a pessoa não é capaz de controlar esse desejo sexual violento e insaciável que a aborda e, além disso, isto lhe provoca uma grande dependência das atividades sexuais.

Em seguida, mostraremos os sintomas ou sinais que podem indicar que uma pessoa sofre de ninfomania. Estes se apresentam de forma diferente e variam em gravidade em cada paciente, além de que costumam aumentar com o passar do tempo, motivo pelo qual é tão importante receber o tratamento adequado o mais rápido possível.

  • Pensar continuamente em sexo e ter uma atividade sexual cada vez maior, aumentando progressivamente. Este aumento é provocado porque as relações sexuais nunca são suficientes para satisfazer o forte desejo sexual que se tem. Se não for satisfeito, costumam aparecer sentimentos de vazio e medo.
  • Impulsos sexuais intensos e comportamento sexual fora de controle. Ainda que, às vezes, possam tentar limitar suas práticas sexuais, isto fracassa já que o desejo e a ânsia sexual são bem mais fortes.
  • Incapacidade de reprimir esta conduta sexual.
  • Mudanças ou alterações importantes no estado de ânimo, podendo passar de um estado depressivo a um eufórico em muito pouco tempo.
  • Dedicação de muito tempo a satisfazer esse desejo sexual incontrolável e a procurar novas relações íntimas.
  • É frequente que a sexualidade não seja desfrutada ou vivida como algo prazeroso, pois a satisfação experimentada no momento da atividade sexual é insuficiente e só se consegue por instantes.
  • Dificuldades de estabelecer e manter uma relação emocional e afetiva com outra pessoa.
  • A sexualidade acaba determinando os demais âmbitos de sua vida e podem surgir problemas nas relações sociais, familiares e profissionais.
  • Apesar das consequências que podem ter as práticas sexuais de risco, como contrair algum tipo de infecção, continua-se com esse comportamento sexual compulsivo.
Como saber se sou ninfomaníaca - Passo 2
3

Além de tudo isto, cabe dizer que esta hipersexualidade está muito associada a parafilias, como por exemplo o voyeurismo, e outros tipos de vícios ou transtornos, como podem ser o alcoolismo, a ludopatia, o transtorno obsessivo-compulsivo, transtornos de personalidade, a depressão, etc.

Por isso, convirá receber um tratamento completamente personalizado e adaptado aos padrões que apresentar cada paciente. Isto é de grande importância para evitar que o vício por sexo continue avançando e chegue a afetar severamente a saúde mental, física e a vida social da pessoa afetada.

Como saber se sou ninfomaníaca - Passo 3
4

Quando uma pessoa apresenta os sintomas ou problemas de comportamento anteriormente mencionados, deve procurar ajuda médica especializada imediatamente. Isto é importantíssimo quando se percebe que perdeu o controle de seu comportamento ou impulsos sexuais, se este começa a afetar muito negativamente suas relações pessoais, sociais ou profissionais, se não se deixa de pensar na sexualidade, inclusive, quando se esforça para não fazê-lo, ou caso se esteja tentando ocultar esta conduta sexual.

A consulta com um profissional dever ser realizada com muitíssima urgência se, além disso, se apresentar outro tipo de transtorno ou doenças mentais, ou se começar a ter pensamentos suicidas.

Como saber se sou ninfomaníaca - Passo 4
5

O tratamento para a ninfomania ou vício por sexo baseia-se em ajudar o paciente a controlar seu comportamento sexual compulsivo e, portanto, conseguir que melhorem tanto suas relações íntimas como pessoais. Deve ser feita uma terapia psicológica cognitiva-comportamental, na qual primeiro será avaliado o problema, se estabelecerá um programa de educação sexual, de manejo de emoções e técnicas de prevenção destinadas a ter a capacidade de controlar o desejo sexual violento e insaciável.

Este tratamento será determinado com base nas características de cada paciente, isto é, considerando sua história clínica e pessoal, seu desenvolvimento e os fatores que podem ter desencadeado a hipersexualidade. Em alguns casos, é possível que o especialista prescreva a administração de psicofármacos e um tratamento em paralelo se existirem outros transtornos ou patologias psíquicas. O objetivo final é conseguir que essa pessoa seja capaz de construir uma relação saudável consigo mesmo, com sua sexualidade e com os demais.

Como saber se sou ninfomaníaca - Passo 5

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se sou ninfomaníaca, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre Como saber se sou ninfomaníaca

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se sou ninfomaníaca
1 de 6
Como saber se sou ninfomaníaca

Voltar ao topo da página