Partilhar

Como evitar o pum vaginal

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como evitar o pum vaginal

Durante a relação sexual, é comum que entre ar na vagina, o que pode causar o chamado flato vaginal. Embora existam mulheres que fiquem constrangidas com a situação, o que na realidade não é razão para ter vergonha, pois é bem comum, é possível saber como evitar o pum vaginal. Para explicar mais sobre o assunto e dar dicas para prevenir os flatos vaginais, confira o que o umComo.com.br tem para dizer a respeito do assunto.

Passos a seguir:
1

Os flatos vaginais são muito comuns durante o sexo e, por isso, não há motivo para as mulheres ficarem constrangidas quando ocorrem. Eles se assemelham ao som de um pum, mas saem pela vagina, porque na realidade não se trata de peido anal, mas sim, de ar. No entanto, é possível evitar o pum vaginal. Já que ele ocorre quando simplesmente entra ar na vagina, sendo que o barulho é o resultado da sua saída, a maneira mais eficaz de prevenir é não deixar que o ar entre nela.

Como evitar o pum vaginal - Passo 1
2

Para tanto, basta que a mulher evite algumas posições sexuais, as quais facilitam a entrada e a saída de ar. Durante a realização de alguns movimentos as chances de entrar ar na vagina são maiores, como a troca de posição sexual, por isso, se você não quer correr o risco de soltar um pum pela vagina evite as posições com muito malabarismo. Quando a mulher fica de quatro ou quando está com os joelhos dobrados sobre o abdômen também são momentos em que os flatos vaginais são mais comuns. No popular papai e mamãe, entretanto, o pum não ocorre.

3

Por outro lado, não é preciso deixar de experimentar novas posições por causa de uma vergonha boba. Movimentos mais rápidos durante o sexo também facilitam a entrada e a saída de ar da vagina. Mas se você e o seu parceiro gostam de um ritmo mais acelerado não precisam se preocupar com isso. O que também torna maior a possibilidade de entrada de ar é quando o pênis penetra muito fundo na vagina, no entanto, mais uma vez é uma questão de apenas não se preocupar com o barulho, ainda mais se essa limitação atrapalhar o prazer do casal.

4

Embora o pum vaginal possa ocorre em qualquer mulher, independente da sua idade, especialistas apontam que os flatos vaginais costumam ser mais frequentes quando a musculatura do assoalho pélvico está enfraquecida. Isso tornaria a entrada e a saída de ar ainda mais fácil, porém, é possível fortalecer a região com exercícios específicos. A questão é que o enfraquecimento dos músculos é uma tendência natural com o passar dos anos, da mesma forma que os músculos do corpo como um todo perdem a sua tonicidade aos poucos, inclusive, quando não são feitas atividades físicas.

5

Assim, no momento em que o pênis entra na vagina, se a musculatura estiver enfraquecida, haverá frestas, por onde pode entrar ar, lembrando que durante a penetração é como se a vagina abraçasse o pênis. Dessa forma, a mulher com a musculatura exercitada do assoalho pélvico terá mais facilidade de contrair os músculos da região, inclusive, quando trocar de posição durante o sexo, evitando a saída barulhenta de ar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como evitar o pum vaginal, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre Como evitar o pum vaginal

O que lhe pareceu o artigo?

Como evitar o pum vaginal
1 de 2
Como evitar o pum vaginal

Voltar ao topo da página