Partilhar

5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais

 
Por Sara Viega. Atualizado: 19 junho 2017
5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais
Imagem: thetab.com

"Cada pessoa é diferente". Esta frase não se aplica apenas às características psicológicas e comportamentais de alguém, também pode ser usada para descrever a anatomia humana. Todos temos peculiaridades e características que nos distinguem e diferenciam e, no caso dos órgãos sexuais, acontece exatamente o mesmo.

É certo que se costuma falar muito sobre o pênis - o seu tamanho, o seu formato e os diferentes tipos que existem, mas você sabia que também existem tipos de vulva diferentes? As diferentes formas e características da região íntima da mulher não só têm uma relevância estética, como também podem indicar uma propensão maior para sofrer de infecções ou uma maior probabilidade de ter mais prazer do que outras, de acordo com a sua constituição. Contudo, no final todos os corpos são igualmente bonitos e as diferenças são pouco relevantes. Continue lendo este artigo do umCOMO para conhecer os 5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais.

Vagina ou vulva?

Antes de começar a explicar as características do primeiro tipo de vulva, é essencial mencionar que é muitas pessoas confundem os termos e as palavras relacionadas com esta zona do corpo da mulher. Muita gente usa a palavra vagina para se referir, de um jeito geral, às partes íntimas de uma mulher. A verdade é que isto não está bem claro e dá origem a confusão, por isso vamos esclarecer todas as dúvidas:

  • A vulva é a palavra usada para identificar os genitais externos ou a parte visível do órgão sexual feminino. Quando falamos da vulva, estamos incluindo o monte de vénus, os grandes e os pequenos lábios, o clitóris, o orifício da uretra, o hímen e o orifício vaginal.
  • A vagina é um tubo de músculos elásticos que vai desde colo do útero até aos genitais externos, finalizando no orifício vaginal. Normalmente, mede entre 5 e 7 centímetros de largura e entre 5 e 8 de comprimento, embora o tecido elástico que a compõe possa fazer com que se expanda muito mais. Embora neste artigo estejamos usando o termo vagina como sinônimo de vulva, uma vez que é uma expressão mais comum para designá-la, a verdade é que são coisas diferentes.

No seguinte artigo do umCOMO, explicamos quais são as partes da vagina e dos genitais femininos.

Tipo 1 - A chama olímpica

A vagina tipo chama olímpica tem este nome pelo formato do seu contorno. As mulheres com este tipo de vulva possuem um capuz que sobre o clitóris e a zona que cobre a vulva onde se encontram os pequenos lábios nas laterais de um tamanho superior ao original. Este capuz, que se chama prepúcio clitoriano, cumpre na anatomia feminina a mesma função que o prepúcio masculino com a glande - proteger o clitóris.

O tamanho aumentado desta prega mucosa pode originar algumas diferenças a nível sexual pois, dependendo da sua medida, pode esconder mais ou menos o clitóris. É essencial destacar que isto não apresenta nenhum problema para ter prazer durante as relações sexuais, apenas será necessário estimular mais e melhor para que ele floresça até à superfície.

5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais - Tipo 1 - A chama olímpica

Tipo bainha de folhos

O elemento característico deste tipo de vulva é o tamanho e o formato dos lábios menores. Estes são compridos, caindo para baixo como se fossem os folhos da bainha de uma saia. Não apresenta qualquer tipo de problema para a prática de nenhuma posição ou tipo de sexo, uma vez que o prazer não aumenta nem diminui com esta característica. É apenas uma característica física sem importância.

É importante destacar que a vagina, como qualquer parte do corpo, pode ir mudando ao longo dos anos, de acordo com o uso e com as condições próprias de cada mulher. É por isso que a vulva bainha de folhos é mais comum em mulheres mais velhas que perdem a tonificação muscular e cujos lábios menores caem.

5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais - Tipo bainha de folhos

Tipo crustáceo

A denominação crustáceo é outro termo muito ilustrativo pois este tipo de vagina, assim como os percebes, sobressai para fora. A principal característica deste tipo de vagina é o clitóris, de tamanho maior que o habitual, que sai para fora e sobressai entre a região genital sem deixar qualquer dúvida sobre a sua localização. Neste caso, é possível que a mulher seja beneficiada a nível sexual. Por estar tão descoberto, qualquer movimento, passagem ou toque na zona podem estimular muito a mulher e fazer com que se excite com mais facilidade.

5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais - Tipo crustáceo

Tipo olho fechado

Esta vagina é uma das mais comuns, sobretudo em mulheres jovens. Esta vulva tem os lábios menores mais estreitos, permanecendo fechada. Não tem qualquer característica particularmente relevante, sendo apenas bastante uniforme. Algumas pessoas pensam que o fato de ser mais estreita provoca complicações nas relações sexuais, sobretudo com pênis grandes. A verdade é que não apresentam nenhum problema para a penetração. Ao fazerem mais pressão com as paredes vaginais, o contato será maior e o prazer para ambos será maior.

5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais - Tipo olho fechado

Tipo borboleta

Este tipo de vagina tem um nome muito explicativo. Os lábios menores das mulheres com vulva de mariposa são grandes e estão muito abertos. São grandes como os da bainha de folhos, mas não caem, apenas se abrem para se abrir como uma flor. Ao contrário do que pode parecer, acessar o clitóris é um pouco mais complicado do que nas outras vaginas, mas não apresenta qualquer problema para sobressair quando é estimulado corretamente.

Neste caso, é essencial relembrar que, em linhas gerais, o formato dos genitais não influencia o desempenho sexual e o prazer que dele resulta. A importância, como sempre, está em saber estimular o corpo para conseguir prazer sozinha ou em casal.

5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais - Tipo borboleta

Se pretende ler mais artigos parecidos a 5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre 5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais

O que lhe pareceu o artigo?

5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais
Imagem: thetab.com
1 de 6
5 tipos de vagina e como cada um afeta as relações sexuais

Voltar ao topo da página