Como tratar a balanite

A balanite é uma inflamação da glande ou cabeça do pênis que pode ser produzida por diferentes causas, como uma infecção por fungos, falta de higiene, doenças sexualmente transmissíveis (DST), diabetes mal controlada, dermatite, sabões muito agressivos, alergias, psoríase ou outras doenças da pele. Dependendo de qual seja a causa, se optará por um tratamento ou por outro.

Em umComo.com.br veremos como tratar a balanite.

Foto: abc.es

Whatsapp 2 Twitter 1 Google +
Instruções
  1. A causa mais frequente da balanite é uma infecção por fungos, geralmente pela cândida albicans, que dá nome à doença: balanite candidiásica.

    Os sintomas mais evidentes são a coceira e a vermelhidão da glande e, inclusive, do prepúcio em casos mais graves. Em geral costumam regredir espontaneamente em 4 ou 5 dias. Se não for assim, precisará de um tratamento em princípio em forma de pomada antimicótica, como o ketoconazol, o miconazol, o clotrimazol ou a nistatina. Costuma-se indicar a aplicação destas, que são vendidas sem necessidade de receita, 2 ou 3 vezes ao dia durante um mínimo de 10 dias, administrando-se após higienizar e secar bem a zona afetada. O resultado costuma ser rápido e efetivo.

    Também podem ser prescritos antifúngicos via oral, como o fluconazol, um tablete de 150mg que se toma em dose única.

    Uma alimentação com muitos açúcares e hidratos de carbono alimenta as células da Cândida e proporciona-lhes toda a energia de que precisam para viver. Pelo contrário, a ingestão de alimentos orgânicos, ricos em enzimas ativas e com alto conteúdo em vitaminas e minerais, mata as células da Cândida.

  2. Quando a balanite for produzida por uma infecção bacteriana, o tratamento utilizado será tomar antibióticos por via oral. Para decidir de que antibiótico você precisará, pode ser que o médico responsável tome uma amostra com um cotonete, uma varinha com a ponta de algodão, para cultivar no laboratório e verificar que tipo de bactéria é a causadora da balanite.

    A administração oral das cefalosporinas, como cefalexina, ceftriaxona ou cefixima é útil para o tratamento contra a balanite produzida pela gonorreia. Costuma ser administrada quatro vezes ao dia durante 7 dias.

    Outra possibilidade são os macrólidos, como a eritromicina e a azitromicina, geralmente receitados por 7 dias, duas vezes ao dia.

    Se as infecções se repetem com frequência, uma medida a ser considerada para sua solução é a circuncisão, sobretudo em casos de fimose e parafimose. É uma intervenção cirúrgica que consiste em cortar a pele do prepúcio deixando a glande exposta. É realizada com anestesia local, dura menos de uma hora, não precisa de internação hospitalar e a recuperação é de 8 ou 10 dias. Deste modo, poderá recuar o prepúcio para limpá-lo, cuidado básico para evitar a balanite.

  3. Os cuidados gerais em todos os tipos de balanite, seja qual for a causa, são os seguintes:

    Higiene

    Se a pele estiver inflamada a recomendação é manter a zona limpa e seca, evitando o uso de qualquer sabão perfumado, loção ou elemento químico que possa irritar a zona.

    Deve-se lavar a glande diariamente. Puxando o prepúcio para trás suavemente durante o banho ou a ducha e limpando suavemente a glande utilizando apenas água e um sabão suave, garantindo que o pênis e a glande estejam secos antes de vestir a roupa interior. Se a glande apresentar pequenas placas brancas, causadas pela infecção fúngica, não se deve tentar limpá-las nem esfregá-las, isso provocará que a glande fique mais lesionada e com feridas abertas, facilitando a entrada de mais microrganismos.

    Lave as mãos antes de ir ao banheiro, se você trabalhar com produtos químicos que possam irritar a pele delicada.

    Também se pode testar um creme à base de água para aliviar e limpar a zona. Se você tem balanite por irritação, uma vez que se deixa de usar o produto que causa a irritação, os sintomas geralmente desaparecem. No entanto, podem reaparecer se começar a usar o produto novamente.

    Outro tratamento para a balanite é a lavagem com permanganato de potássio. Dissolve-se uma pastilha em um litro de água fervida e vai-se utilizando, 2 ou 3 vezes por dia. O borato de sódio também alivia os sintomas: dissolve-se uma colherada em um litro de água fervida, guarda-se em um recipiente com tampa e vai-se usando pouco a pouco em cada lavagem.

  4. Relações sexuais

    Ainda que com o tratamento não seja necessário evitar as relações sexuais, estas podem provocar mais irritação e inflamação na zona afetada. A infecção raramente é transmitida pelas relações sexuais, mas se chegar a ocorrer, ambos deverão tratar-se ao mesmo tempo. É por isto que se aconselha o uso de preservativos neste período, desde que não sejam a causa da balanite, e se assim for, utilizar os que são especiais para peles sensíveis.

  5. Cremes esteroides

    Podem ser receitados para ajudar a reduzir a inflamação, com os cremes corticoides obtém-se uma melhora rápida, ainda que exista a possibilidade de que piore certas infecções. Não se deve utilizar este medicamento se não tiver sido prescrito pelo médico.

  6. Se deseja ler mais artigos parecidos a como tratar a balanite, recomendamos que entre na nossa categoria de Controlo da natalidade e sexo seguro ou que se inscreva no nosso boletim de novidades.
Conselhos
  • Procure seu médico de família em qualquer caso, se suspeitar que pode estar com balanite.

Comente, dê a sua opinião, pergunte sobre como tratar a balanite:


9 comentários


27-08-2015 disse:
bom dia, ja ha mais de duas semanas que ando com balanite, ja comprei uma pomada antimicoidal, mas nao vejo resultados, higienicamente tomo dpis duches diarios, nao estou. falta de higiene, então como debater este problema?
07-08-2015 disse:
Sandro, tudo bem? Você fez a cirurgia da circuncisao? Deu resultados? Um abraço.
04-08-2015 disse:
Procure um dermatologista sempre. Se for balanopostite por fungo o uso de quadriderme ou similares e corticoides em geral pioram o quadro. Essas pomadas são para infecção bacteriana. Para fungos usa-se antimicoticos, nitrato de Isoconazol, icacort, nistatina, etc..... A melhor solução é usar após higiene no banho , secar bem e deixar a glande exposta , deixar ventilar pelado. Veja tv enquanto isso, depois de uma hora no mínimo passe , se for fungo, nitrato de Isoconazol e deixe secar , depois recolha o prepúcio e use cuecas de algodão sempre. Lave sempre seu penais se tiver que fazê-lo com sabonete neutro, tipo shampo johnson. Manere no açúcar e farinhas brancas e se quiser se livrar do mal, a operação reduz em 80% a reincidência , pq com o passar do tempo cada vez mais frequente vc terá a balanopostite. A operação faz com que a pele se torne mais grossa impedindo a formação de fungos e facilitando a limpeza. Sem descobrir a causa da balanopostite você poderá piorar o quadro , evite a tentativa e erro, encontre a causa pq existem várias causas para balanopostite e um remédio para cada caso.nao existe um remédio que abrange todos os casos.
28-05-2015 disse:
Use quadriderme, meu penis as vezes ficava com vermelhidão, ardência e as vezes trincava a pele logo abaixo da grande. Usei vacarias pomadas até de fungos e tal e nada de melhorar. Quadriderme no primeiro dia melhorou e a pele até fica mais rígida e não frágil. Precisa de receita médica. Recomendo ! Chega de sofrimento.
28-05-2015 disse:
entao rapaziada essa balanite é uma praga do karaio ,mas ai vou fazer a cirurgia de postectomia dia 03/06/15 lembrando q nao tenho fimose so um pequeno excesso de prepucio , tentei todos os tratamentos e nd, agora é so isso q me resta , pois quando vc pensa q esta curado sempre volta ,mas depois volto aki pra falar do resultado
10-05-2015 disse:
Meu pênis está com um inchaço muito grande,não está doendo,parece q tenho duas glandes.isso é grave ou muito grave?
17-04-2015 disse:
Ae rapaziada sofri por 10 Anos com isso ....fui a varios medicos urologistas dermatologistas e nd de cura apenas me sugeriram a postectomia algo q nao penso em fazer ,durante todo esse tempo fiquei a base de pomadas e alternativa naturais q so amizam a situacão .Vou ser breve consegui me curar com algo muito simples va na farmacia ou supermercado e compre Polvilho Antisseptico da Granado e passe por 3 dias 2 vezes por dia e lave com sabnete intimo ou neutro , e tb faz uma dieta alcalina por um mes q ajuda .....vai na fé q da certo ......abraco
02-05-2015 disse:
Ai irmão estou sofrendo com esta doença tem 7 meses vc usou o polvilho depois da crise ou durante?
09-05-2015 disse:
Quando tentei me tratar de balanite com a polvilho antisséptico da Granado, os sintomas pioraram. Por isso estranho a sua recomendação, Sandro.
18-05-2015 disse:
Olha na duvida eu usei a versão em sabonete do polvilho e o resultado foi imediato. Na primeira vez ardeu muito a sensação que tive foi que queimou o fungo e o problema parou de evoluir de uma forma que o remédio começou a fazer efeito. Isso graças a LUZ enviada pelo SANDRO que quero lhe enviar meus agradecimentos MUITO OBRIGADO SANDRO. Abaixo vou compartilhar a minha história com vocês Na minha primeira crise usei de tudo, violeta genciana, permaganato e lavava com PROTEX (não serve pra nada) fiquei em carne viva. O meu urologista me receitou Itraconazol via oral e para eu usar no local TROFODERMIN. Levei algo em torno de 3 meses para curar esta crise física (o psicológico da gente vai embora junto esse levou um pouco mais de tempo), pois, afetou 90% da glande. Agora na segunda crise assim que surgiu uma pequena manchinha utilizei imediatamente o TROFODERMIN mais ela não segurou, pois, o fungo continuou em plena evolução. De acordo com meu urologista a TROFODERMIN só funciona quando o quadro é mais grave que eu deveria ter utilizado a TROK no inicio. Já era o bicho pegou de novo e estava sem controle Aí graças a LUZ que encontrei neste site e ao SANDRO comecei a utilizar o sabonete GRANADO TRADICIONAL na primeira utilização ele segurou a evolução do fungo fazendo com que a TROFODERMIN pudesse agir. Dessa vez consegui deter o fungo no prepúcio e iniciando na glande (GRAÇAS A DEUS) e recuperação total levou 30 dias. Outra coisa passei a utilizar também a QUADRILON (irmã muito mais barata da Quadriderm) junto que ajudou bastante. Hoje só lavo com sabonete GRANADO e aos primeiros sintomas irei utilizar a QUADRILON e caso necessário a TROFODERMIN. OBS. Não busquem soluções caseiras e nem comprem remédios sem receita. Eu fui ao meu UROLOGISTA e ele me receitou estas pomadas que são controladas e vendidas com a retenção da receita que são TROFODERMIN e QUADRILON. Espero ter ajudado.
28-05-2015 disse:
ae pessoal escrevi esse depoimento pois pensei q estava curado ,pois fiquei duas semanas sem crise mas não vou ilidir vcs ,fui no medico e marquei minha postectomia para 03/06 pois acho q é unica coisa q vai me curar desculpa ai abraços ....
17-04-2015 disse:
Como tratar.esta muito sensível e a flange esta muito irritada.
08-05-2015 disse:
Sofro com esse mal a 3 meses vc uso esse recurso na crise ou fora dela. Por favor se mas alguém se curou poste aqui o tratamento
28-05-2015 disse:
Permanganato de potássio é um bom remédio no tratamento da balanopostite. O meu médico, que não é urologista, insistiu num detalhe: a solução de permanganato não deve ser muito concentrada e a água deve estar morna, morna, não quente. Então eu tenho deixado meu pênis "de molho" numa taça estreita na solução morna e pouco concentrada de permanganato, três vezes ao dia, por meia hora cada vez. Para não deixar a solução muito concentrada, eu quebro o comprimido em duas partes. Dissolvo uma delas numa panela de mais ou menos 1,5 L. Então esquento a água ligeiramente e vou ao banheiro, onde fico sentado no vaso, enchendo a taça com a solução, onde mantenho o pênis imerso, por vários minutos, várias vezes, até terminar a solução da panela. As pomadas (nistatina, sulfato de neomicina, betametasona, cetoconazol...) não me fizeram bem. Eu passava as pomadas e a pele amanhecia pior, toda vermelha, irritada. Então o médico disse para eu suspender a aplicação das pomada e ficar só com o permanganato. Ai, que horrível! Sinto agora mesmo que a pele de minha grande está colada ao tecido da minha bermuda. Para despregar vai doer e sangrar. Maldita balanite! Espero ficar bom. A lesão já recuou bastante. O prepúcio está quase seco, mas ainda há uma faixa semicircular na glande em "carne viva".
18-10-2014 disse:
nao tenho muita certeza mas muitas coisas que li a respeito da balanite esta acontecendo comigo.Nao tenho coceira e sim abaixo da cabeça do meu penis sentido em cima na dobra esta meio vermelho e as vezes meio esbranquiçado so isso mesmo e me enviei a forma correta de tratar.Obrigado
Vídeos em destaque
Nós de Gravatas DIY Experiências Regresso ás Aulas