Partilhar

Quais as vantagens da circuncisão

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais as vantagens da circuncisão
Imagem: igre123.com

Fazer ou não postectomia, eis a questão. Enquanto alguns especialistas defendem a popularmente chamada circuncisão, outros apontam a sua desnecessidade, com exceção dos casos em que o procedimento é realmente necessário. Para esclarecer as suas dúvidas, o umComo.com.br vai mostrar quais as vantagens da circuncisão.

Também lhe pode interessar: Como é feita a circuncisão masculina

Vantagens da postectomia ou circuncisão

A circuncisão possui muitas vantagens, em especial, nos casos em que os homens devem realizar o procedimento cirúrgico a fim de tratar um problema de saúde. No entanto, em muitos países, por questões religiosas, a prática é comum entre os recém-nascidos. Ou seja, mesmo que não sejam diagnosticados os problemas que exigem a postectomia ela é realizada em meninos, ainda pequenos, quando a remoção do prepúcio é mais simples. Isso porque a pele que cobre a glande, conhecida como cabeça do pênis, é mais fácil de cortar.

As vantagens da circuncisão existem principalmente quando é preciso tratar problemas de saúde, como a fimose, que se caracteriza pelo anel do prepúcio mais estreito, impedindo que a glande seja exposta. Quando a problema não é tratado ocorrem infecções. Elas geralmente são consequência da dificuldade em manter a região higienizada. É o caso da balanopostite de repetição, uma inflamação no prepúcio e na glande. Os sintomas mais comuns são vermelhidão, coceira e mau cheiro.

Existe ainda o benefício da postectomia no sentido de evitar algumas DSTs – doenças sexualmente transmissíveis, como é o caso do herpes genital e do vírus do papiloma humano (HPV). Porém, nesses casos, existem outras formas de prevenção, como o uso de preservativo.

Embora a circuncisão seja um procedimento cirúrgico relativamente descomplicado, alguns especialistas aconselham a sua realização somente quando há uma necessidade real. Mesmo um prepúcio avantajado não significa um problema que exija a sua remoção, por exemplo.

Além disso, existem crianças que possuem um tipo de fimose, mas que com o tempo se resolve sozinho. O melhor é buscar um especialista em caso de dúvidas para que ele avalie se é preciso realizar a cirurgia ou não.

Quais as vantagens da circuncisão - Vantagens da postectomia ou circuncisão
Imagem: ask.com

Desvantagens da circuncisão

Sem levar em consideração os motivos religiosos que promovem a circuncisão em bebês, a prática foi vista por muito tempo como algo positivo porque evitava as infecções no pênis, causadas especialmente pela falta de hábitos de higiene. Hoje em dia, é totalmente possível prevenir os processos inflamatórios com a limpeza correta do órgão genital.

No entanto, a circuncisão vem sendo adotada em países pobres, onde a falta de higiene é uma consequência da ausência de recursos e mesmo de saneamento básico. Além disso, nesses países existem altas taxas de incidência de DSTs, sendo que a postectomia é adotada também para reduzir esses casos.

Nesse sentido, são feitas uma série de pesquisas em países africanos, as quais nem sempre chegam a resultados conclusivos. De qualquer forma, especialistas apontam ainda desvantagens da circuncisão, como traumas desnecessários em bebês e a perda da proteção da glande, já que é essa a função do prepúcio.

Existem ainda relatos de homens circuncidados que perderam qualidade de ejaculação, a qual sofreu retardo, bem como de ereção, devido à disfunção erétil. Mas se a cirurgia for realizada é essencial, mesmo em recém-nascidos, que seja realizada por profissionais qualificados.

Quais as vantagens da circuncisão - Desvantagens da circuncisão
Imagem: mansfielddental.info

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais as vantagens da circuncisão, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre Quais as vantagens da circuncisão

O que lhe pareceu o artigo?

Quais as vantagens da circuncisão
Imagem: igre123.com
Imagem: ask.com
Imagem: mansfielddental.info
1 de 3
Quais as vantagens da circuncisão

Voltar ao topo da página