Partilhar

O que é a Sífilis

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 20 janeiro 2017
O que é a Sífilis

A sífilis é uma doença de transmissão sexual (DST) causada por uma bactéria denominada de Treponema pallidum. Esta infeção pode ser transmitida através do contato sexual com uma pessoa infetada ou pela placenta da mãe infetada para o filho, durante a fase da gestação. Na fase inicial da sífilis, aparece uma úlcera no local da infeção. No entanto, com o tempo, a bactéria espalha-se atingindo vários órgãos. Esta doença divide-se em quatro fases: a primária, a secundária, a latente e a tardia. Continue lendo este artigo de umComo.com.br e saiba mais sobre o que é a sífilis.

 

Também lhe pode interessar: Como tratar a sífilis

Causas e fases da sífilis

Como já foi dito anteriormente, a sífilis é uma doença transmitida através de relações sexuais desprotegidas com uma pessoa infetada, através do contato com ferimentos causados pela doença ou pela placenta da mãe para o filho, durante a gestação (sífilis congênita).

A sífilis divide-se em quatro fases:

  • Primária: este é o estágio inicial da doença, onde aparece uma úlcera entre 10 dias a 3 meses depois do contato com a pessoa infetada. Esta úlcera localiza-se no pênis, na vulva, na vagina, no ânus, nos lábios ou na língua e cicatriza-se em algumas semanas, mesmo sem tratamento.
  • Secundária: 3 a 6 semanas após o aparecimento da úlcera, começam a aparecer lesões na pele, que podem aparecer em qualquer parte do corpo. Para além destas lesões, nesta fase o paciente também pode ter febre, fadiga, queda de cabelo, rouquidão e gânglios aumentados. Tal como na fase anterior, estes sintomas perduram durante umas semanas e desaparecem mesmo sem tratamento.
  • Latente: nesta fase o paciente já não apresenta sintomas e a sífilis já não é contagiosa.
  • Tardia: se o paciente que se encontre na fase secundária da sífilis não se tratar, esta doença poderá desenvolver complicações, podendo atingir por exemplo o coração, os olhos ou o sistema nervoso.

Sintomas da sífilis

Dependendo da fase em que a sífilis se encontra, os sintomas serão diferentes, para além disso muitas pessoas podem nem sequer apresentar sintomas. Sendo assim, na primeira fase da doença aparecem umas feridas indolores e nódulos linfáticos inchados. Na fase secundária, para além destas feridas a pessoa também poderá ter febre, fadiga, queda de cabelo, rouquidão e gânglios aumentados.

Diagnóstico da sífilis

Caso apresente as lesões indicadas, deverá consultar o seu médico. Os métodos que o seu método irá utilizar para diagnosticar a sífilis são os seguintes:

  • Examinação dos sinais e reconhecimento dos sintomas;
  • Exames laboratoriais, uma análise de sangue;
  • Identificação da bactéria ao microscópio.

Tratamento da sífilis

A sífilis é uma doença com cura, se tratada antecipadamente durante as primeiras fases e com os antibióticos apropriados. Saiba mais sobre o tratamento da sífilis no nosso artigo sobre como tratar a sífilis.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é a Sífilis, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre O que é a Sífilis

O que lhe pareceu o artigo?

O que é a Sífilis
O que é a Sífilis

Voltar ao topo da página