Partilhar

Como saber se o meu relacionamento é disfuncional

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se o meu relacionamento é disfuncional
Imagem: Google Images

Muito se fala de famílias ou casais disfuncionais e o termo passou para a linguagem quotidiana, no entanto muitas pessoas não sabem exatamente o que significa nem como saber se o seu relacionamento é disfuncional ou não. Em umComo.com.br damos-lhe alguns sinais para saber se o seu relacionamento está a ir como deveria.

Também lhe pode interessar: Como saber se um relacionamento é sério

O que significa disfuncional?

O termo disfuncional usa-se para indicar um relacionamento, comportamento, sistema social, etc, que não funciona de forma adequada, indo contra o que deveria de ser. Quando se fala de um relacionamento disfuncional refere-se a uma união em que os valores e tratamento que deveriam estar presentes encontram-se ausentes ou não funcionam de forma correta.

Falta de comunicação

Um dos primeiros indicadores de que o relacionamento pode ser disfuncional é a ausência de uma boa comunicação. Os casais saudáveis conversam de forma habitual sobre a sua vida e também de temas mais profundos como as suas expetativas de vida, sentimentos, emoções, planos para o futuro, etc. Numa união que não esteja bem este aspeto fundamental fica bastante afetado.

Tensão constante

Quando o relacionamento não anda bem é habitual que ambos sintam muita tensão, nos relacionamentos disfuncionais este aspeto é tão evidente que qualquer toque pode levar a um conflito maior. Com frequência há ofensas, insultos e reclamações e costuma-se cair num círculo vicioso em que não paramos de dizer um ao outro o que nos irrita do seu comportamento.

Brigas muito frequentes

Os relacionamentos disfuncionais caraterizam-se porque, na falta de uma boa comunicação, não encontram a forma de resolver os seus conflitos, o que leva a discussões e brigas muito frequentes que podem durar horas e inclusive dias. É uma espiral em que cada aspeto está ligado fazendo com que o ambiente seja na sua maioria tenso e pouco agradável.

Ausência de compatibilidade

Para que as coisas funcionem bem deve existir compatibilidade tanto emocional como sexual, pois esta permite-nos levar a cabo planos juntos e caminhar por um mesmo caminho. Numa relação disfuncional a compatibilidade é muito afetada, o casal não se entende nem na cama nem fora dela e torna-se difícil traçar planos para um futuro em comum.

Desconforto e abuso

É normal que ao não estar a gosto com o nosso parceiro/a gere um ambiente de desconforto entre ambos, produto de todos os aspetos anteriores e que as coisas não estejam a funcionar como deveriam. Por outro lado, numa relação disfuncional os abusos tanto verbais como (em casos mais extremos) físicos são comuns, quando não estamos bem passamos a nossa frustração dessa maneira, o que afeta de forma importante a nossa auto-estima e a do outro, originando danos severos à nossa moral e estado de ânimo.

O que fazer?

As relações conflituosas e disfuncionais afetam a nossa saúde de forma importante, pelo que é necessário tentar solucionar a situação. Se ambos pensam e desejam continuar juntos podem recorrer a uma terapia de casal, mas se considerarem que é o momento de se separarem, o melhor é fazê-lo de forma amigável e tentar continuar com o seu caminho. É o mais saudável para ambos.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se o meu relacionamento é disfuncional, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre Como saber se o meu relacionamento é disfuncional

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se o meu relacionamento é disfuncional
Imagem: Google Images
Como saber se o meu relacionamento é disfuncional

Voltar ao topo da página