Partilhar

Como aceitar o filho do meu namorado

 
Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como aceitar o filho do meu namorado

Quando nos encontramos com um problema de relacionamento com uma criança, como pode ser o caso do filho do nosso namorado/a, temos de agir como somos, adultos, e ser plenamente conscientes de que uma criança não tem completamente desenvolvidas as suas habilidades sociais, portanto devemos ser condescendentes com ela. Se não tivermos o papel de educador sobre a criança, temos que ser muito pacientes e assumir o nosso papel. Em umComo.com.br oferecemos a você uma série de conselhos que respondem à pergunta de como aceitar o filho do meu namorado/a.

Também lhe pode interessar: Como esquecer o passado do meu namorado
Passos a seguir:
1

O primeiro de tudo é adotar uma atitude positiva e nunca dramatizar. Se o fizermos deste modo, a única coisa que conseguiríamos seria mais sofrimento e colocar em risco a continuidade do relacionamento com nosso namorado/a; já que um filho, principalmente quando ainda é criança, vem sempre em primeiro lugar e é assim que deve ser. Em qualquer caso, se tiver um parceiro/a para quem a criança não é o mais importante, deve se preocupar com os seus valores.

2

Assuma a presença da criança como algo natural e que vem junto com o seu parceiro/a. Mas não trate de fazer o papel de pai ou mãe, visto que esta não é a sua função. É o companheiro/a do pai ou da mãe da criança e, por isso, será sempre importante para ele, principalmente se a relação for estável e existir uma convivência, mas irá sentir-se decepcionado/a se achar que está no mesmo nível que os seus pais.

3

Primeiro de tudo, para aceitar o filho do seu parceiro/a é preferível que vá predisposto/a a que a criança não a/o receba muito bem. As crianças são crianças e agem assim. Mesmo no caso das que têm um melhor caráter, não é de estranhar que vejam a/o namorada/o dos pais como rivais que vão tirar deles o carinho e a atenção.

4

Por isso, considere bem as possíveis caras feias ou birras do filho/a do seu parceiro/a como uma coisa normal de criança e não dê importância, recebendo isso como o que é: coisa de criança. Mas lembre-se que tudo tem um limite. Se com o tempo, a criança mantiver sua atitude, deverá chamar a atenção do seu parceiro/a sobre o seu mal-estar e de que convém dar uma bronca de forma suave.

5

Outro truque mental que pode utilizar é pensar que, graças a ele, serão bem mais valiosos os momentos a sós, sem a criança. Além disso, quando tiverem tempo livre para aproveitar com a criança, você irá se surpreender com todos os planos infantis divertidos que podem ser feitos. Aproveite a oportunidade que tem nesse momento.

6

Por outro lado, ajudará a aceitar o filho/a do seu parceiro/a o fato de perceber como ele/a se comporta com a criança; é uma oportunidade ótima para saber se é uma pessoa ideal, com quem formar a sua própria família da qual, por outra parte, seu filho/a sempre formará parte.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como aceitar o filho do meu namorado, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Escrever comentário sobre Como aceitar o filho do meu namorado

O que lhe pareceu o artigo?

Como aceitar o filho do meu namorado
Como aceitar o filho do meu namorado

Voltar ao topo da página