Partilhar

Como conquistar o namorado da sua amiga

 
Por Julia Latorre, Editora. Atualizado: 4 fevereiro 2020
Como conquistar o namorado da sua amiga

Não. Em primeiro lugar, se você já tinha olhado esse post outras vezes, antes de continuar, é preciso saber que o conteúdo foi revisado e atualizado. Erramos. É verdade que aqui no umCOMO já existiu um post que dava dicas passo a passo sobre como roubar o namorado da sua amiga. No entanto, desde que temos uma nova edição do site, não pactuamos mais com este tipo de post. Pouco a pouco estamos revisando os posts antigos para que o conteúdo respeite e esteja a par das questões de gênero, etnia, dentre outros princípios éticos. Por isso, ao invés de mostrar como conquistar o namorado da sua amiga, explicaremos o que pode estar acontecendo, a nível psicológico e tudo o que está envolvido nessa questão. Aliás, faço questão de deixar claro que edito este post como especialista, não em chifre ou talaricagem, mas em Comunicação e Gênero pela Universidade Aberta de Barcelona.

Também lhe pode interessar: Como conquistar uma amiga

Como conquistar o namorado da sua amiga?

Não é uma boa ideia. Antes de agir, reflita. O primeiro a se pensar é: existe atração mútua ou esse desejo vem apenas da sua parte? Por mais que a atração, de acordo com alguns estudos, não seja considerada um sentimento racional, ela pode ser analisada [1].

Afinal, imagine só a situação: você se interessa pelo namorado da sua amiga, se declara para ele e, no final, você fica sem amiga e sem namorado da amiga. Por isso, antes de agir à flor da pele, sugerimos seguir os passos:

1. Reflita

Antes de se sentir uma grande talarica por desejar o namorado da sua amiga, tente lembrar qual foi o momento em que essa atração surgiu. Aconteceu alguma coisa diferente entre vocês? Foi algo que ele disse? Você gosta do jeito dele?

Uma vez que você entenda o que te levou a procurar um post sobre como como conquistar o namorado da sua amiga, fica mais fácil encontrar uma solução para esse sentimento esquisito.

Aliás, antes de tudo, não se sinta culpada. Você é humana e essa situação se solucionará.

2. Procure apoio e ajuda

Conversar com a namorada e sua amiga será um passo muito importante no processo mas, antes disso, o ideal é que você possa expor essa situação a outras pessoas próximas e de confiança. Se você tem um terapeuta, contar sobre esse sentimento seria o melhor dos mundos ou, então, procurar ajuda psicológica e começar uma terapia para resolver essa questão.

Caso isso não seja possível, explique a pessoas próximas o que está acontecendo. Peça que não te julguem se nunca passaram por isso. Afinal, amigos de verdade estão lá para qualquer coisa.

Analise toda a situação a partir de outra perspectiva

A própria conversa com amigos ou um terapeuta já deve ter te ajudado a observar essa situação a partir de outro ponto de vista, certo? Agora é hora de refletirmos sobre alguns conceitos importantes para que consigamos desfazer esse nó com o menor número de vítimas possível. Para isso, vamos refletir sobre alguns conceitos importantes que podem te ajudar a abrir a cabeça para essa situação:

Atração X Paixão X Amor

Já diria Rita Lee: Sexo vem dos outros, E vai embora.[2], Ainda que a definição de amor seja complexa e abstrata, para bell hooks em seu livro All About Love: New Visions[3]ela é a seguinte:

para amar verdadeiramente é preciso aprender a misturar vários ingredientes - cuidado, afeto, reconhecimento, compromisso, confiança, honestidade e uma comunicação aberta.'

De acordo com os conceitos elaborados pela autora podemos tentar distinguir os três sentimentos da seguinte maneira:

  • Atração: nem sempre é paixão. Até serve como uma espécie de catalisador para uma conexão maior, mas não é sinal de amor. O desejo sexual não quer dizer que você está apaixonado por aquela ou, muito menos, que ame ela,
  • Paixão: acontece quando você acha que encontrou alguém que era tudo o que você precisava em alguém e é passageira;
  • Amor verdeiro: chega depois das ilusões da paixão e reúne a mistura dos sentimentos citados anteriormente 8 cuidado, afeto, reconhecimento, compromisso, confiança, honestidade e uma comunicação aberta). A autora ainda afirma que o amor verdadeiro só aparece quando o coração está pronto para isso.

Será que vale a pena abalar uma amizade por algo que você nem sabe se é amor?

Monogamia X Poligamia X Poliamor X Amor livre

Apesar de ser um tema que rende polêmica, pode ser que você esteja aí toda preocupada por essa atração que você sinta pelo namorado da sua amiga e eles sejam um casal poligâmico ou que pratica o amor livre ou um relacionamento aberto, já ouviu falar nesses conceitos?

  • Monogamia: exclusividade sexual, casal que mantem relações sexuais apenas entre ambos;
  • Poligamia: espécies que mantém mais de um vínculo sexual;
  • Poliamor: possibilidade de ter dois ou mais relacionamentos simultâneos;
  • Amor livre: maneira de pensar que rejeita qualquer imposição social e rótulos institucionais que ditem as maneiras de amar e vai contra ideias de posse, casamento e submissão amorosa.

É claro que antes de deduzir qualquer hipótese sobre o relacionamento do casal, você precisa sa

Inteligência emocional

Ok, independente do tipo de relação que esse casal tenha, entender e ter responsabilidade afetiva é fundamental nesse tipo de situação. De acordo com o site Psicologia-Online,[4]inteligência emocional é a capacidade de entender as emoções próprias, assim como a dos outros. Para desenvolvê-la é preciso ter autoconhecimento, empatia, controle de pensamento, assertividade, dentre outros pontos.

Responsabilidade afetiva

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.[5]

Tão importante quanto ter essa empatia pelo sentimento alheio é ser responsável pelas emoções que geramos. É por isso que antes de agir com o coração ou pelo sexo, é preciso se perguntar como você se sentiria no lugar daquela outra pessoa. A partir dessa resposta fica mais fácil agir com responsabilidade afetiva.

Sororidade

Por fim, é importante lembrar que você considera a namorada do seu pretendente sua amiga. O conceito de sororidade fala sobre ser fraterna com mulheres e nos lembra de palavras como empatia, companheirismo, respeito e união. O fato de você estar afim do namorado da sua amiga pode deixar as coisas confusas e é bem possível que haja uma certa sensação de rivalidade vindo da sua parte.

Se isso acontece, procure entender se é mútuo ou se a situação faz você se sentir assim.

Hora de dar o bote

Se você já pensou profundamente sobre todos os conceitos explicados acima e segue com essa sensação de que precisa ficar com ele, é hora de dar o bote, mas não estou falando de traição ou chegar agarrando o namorado da amiga. O diálogo será necessário, com a sua amiga.

A honestidade deve existir em uma verdadeira relação de amizade, assim como a liberdade para falar sobre qualquer tema. Abra o jogo. Explique para a sua amiga o que está acontecendo. Ela, com certeza, pode ficar surpresa mas logo terá algo a dizer. Vocês poderão encontrar uma solução juntas, mesmo que ela seja um afastamento. O importante é se livrar das angústias e evitar que todos saiam emocionalmente machucados dessa confusão de sentimentos.

Filmes para pensar sobre essa situação

Falando nisso, amor livre, poligamia e traição são temas que rendem filmes que podem te ajudar a refletir melhor sobre a situação. Algumas sugestões são:

  • Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976);
  • A Insustentável Leveza do Ser (1988);
  • Vicky Cristina Barcelona (2003);
  • Os Normais - O filme (2003);
  • Closer, Perto Demais (2004);
  • Ele Não Está Tão a Fim de Você (2009).

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como conquistar o namorado da sua amiga, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Referências
  1. LIVRARIA DA FOLHA. Autora diz que na hora da atração não usamos o cérebro racional; leia trecho. Disponível: <https://www1.folha.uol.com.br/folha/livrariadafolha/ult10082u692225.shtml/>. Acesso em 3 de fevereiro de 2020.
  2. Rita Lee. Amor e sexo. 2003. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=ho-iGFctXe8/>. Acesso em 3 de fevereiro de 2020.
  3. HOOKS, Bell. All about love: New visions. Harper Perennial, 2001.
  4. PSICOLOGIA-ONLINE. Como desenvolver a inteligência emocional. Disponível em: <https://br.psicologia-online.com/como-desenvolver-a-inteligencia-emocional-225.html/>. Acesso em 3 de fevereiro de de 2020.
  5. DE SAINT-EXUPÉRY, Antoine. O pequeno príncipe. Editora Melhoramentos, 2017.
Bibliografia
  • VASALLO, Brigitte. Pensamiento monógamo, terror poliamoroso. La Oveja Roja, 2018.
  • PSICOLOGIA-ONLINE. É possível amar duas pessoas ao mesmo tempo? Disponível em: <https://br.psicologia-online.com/e-possivel-amar-duas-pessoas-ao-mesmo-tempo-205.html/>. Acesso em 3 de janeiro de 2020.

Os comentários sobre Como conquistar o namorado da sua amiga estão fechados.


Como conquistar o namorado da sua amiga
Como conquistar o namorado da sua amiga

Voltar ao topo da página