Partilhar

Como discutir com o meu parceiro sem perder o controle

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como discutir com o meu parceiro sem perder o controle
Imagem: Google Images

Discutir com o parceiro/a é normal, podendo, inclusive, ser considerado saudável, uma vez que nem sempre é possível estar de acordo em tudo. Mas ter uma diferença de opinião não implica acabar em uma batalha de poder em que os gritos e as ofensas vão de um lado ao outro. Se esta é a sua experiência habitual, não se trata de algo muito saudável. Em umComo.com.br, oferecemos algumas dicas importantes para que saiba como discutir com o seu parceiro sem perder o controle e acabar em uma enorme briga.

Também lhe pode interessar: Como evitar discutir com seu parceiro
Passos a seguir:
1

Primeiro, detecte a verdadeira razão que iniciou a discussão para chegar ao fundo do assunto sem dar voltas ou ofender o seu parceiro/a. Por exemplo, se a discussão se der em virtude dele esquecer novamente de avisar que não viria comer, o que gera o aborrecimento não é o ato em si, mas o que pode estar por trás: a falta de consideração de seu parceiro/a, a sensação de não ser levado/a em conta, etc. Detectar o centro do problema é primordial para tornar a discussão mais breve e não acabar aos gritos.

2

Ouça sempre o seu parceiro/a quando ele defende suas razões, sem perder a calma ou desrespeitá-lo. Não se trata de uma luta de poderes, nem de comprovar que "eu sou melhor porque tenho razão". É um diálogo para chegar a uma conclusão e melhorar as coisas. Não esquecendo que todos nós temos defeitos e que "ser perfeito" não existe.

3

Se ao ouvir o seu parceiro/a, considerar que ele tem razão em alguns aspectos, tenha a nobreza de admiti-lo e pedir desculpas. O orgulho não é positivo em uma união e admitir que estamos errados pode fazer com que uma discussão acabe em minutos. Ficar irredutível por teimosia só aumentará o mal-estar e levará o casal a perder o controle.

4

Mantenha-se afastado/a de atitudes violentas como elevar o tom de voz, usar palavras ofensivas, denegrir o outro, invadindo o espaço do outro ou, inclusive, esforçar-se para ter a última palavra. Na teoria, essa pessoa que está diante de você é alguém que você ama, por isso não é necessário que uma discussão traga a tona seus piores defeitos e a pessoa má que existe dentro de você. Acima de tudo, tenha calma e inteligência emocional.

5

Aprenda a ceder e negociar. Sim, as relações afetivas são um negócio, queira ou não. Envolve ceder, agradar o parceiro às vezes para logo em seguida ser agradado/a também. Isto não é uma batalha campal. Você pode defender seu ponto com coerência e firmeza, mas, ao mesmo tempo, deve saber quando é momento de ser flexível para agradar o outro.

6

Durante a discussão, deve-se sempre procurar soluções positivas para melhorar aquilo que nos desagrada. Devemos entender que quando fazemos o nosso parceiro/a se sentir mal, ofendido ou ofuscado, ou quando somos nós que estamos nessa situação, há uma razão por trás e parte do desafio é trabalhar para "melhorar em equipe". As relações têm muitas coisas boas, mas não são simples. Devemos saber viver em parceria e trabalhar juntos lado a lado para melhorar.

7

Se em algum momento você sentir que esta discussão chegou ao limite e está a ponto de cruzar a barreira e perder completamente controle, então pare. Faça uma pausa e, para a saúde do casal, solicite que a discussão seja interrompida para que ambos possam sair para respirar, tomar um banho, respirar fundo e após se acalmarem, aplique as ferramentas que oferecemos anteriormente.

8

Perder o controle ao discutir com seu parceiro/a é habitual, pois se trata de alguém que conhece você muito bem, seus pontos fortes e fracos, portanto, não se culpe e tente procurar soluções efetivas para os problemas.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como discutir com o meu parceiro sem perder o controle, recomendamos que entre na nossa categoria de Relações Sentimentais.

Conselhos
  • Se as discussões geralmente acabam de forma violenta, fazendo com que ambos percam o controle, talvez seja conveniente consultar um terapeuta de casal.

Escrever comentário sobre Como discutir com o meu parceiro sem perder o controle

O que lhe pareceu o artigo?

Como discutir com o meu parceiro sem perder o controle
Imagem: Google Images
Como discutir com o meu parceiro sem perder o controle

Voltar ao topo da página